terça-feira, 30 de junho de 2009

video

SER CAIPIRA É FALAR ASSIM!

Abigobel - Leso, sem atenção./Abilolado - Com o miolo mole, sem juízo./Abufelado - Chateado, com raiva./Abusado - Chato/Acochar - Apertar./Aculá - Ali.Acunhar - Correr, fugir. "Acunha rapaz!"Afolosar - Afrouxar.Aí vareia - Depende.Alpercata - Sandália de dedo.Alvoroçado - Aperreado, nervoso.Amarrado - Pão-duro, mesquinho./Amuquecado - Quieto, desanimado./Apareio - Vaso sanitário./Apartar - Separar./Aperrear - Encher o saco
Apombaiado- Leso./Arenga - Briga pequena./Aresia - Conversa besta/Algueiro - Cisco no olho./Ariado – sem jeito fora de forma./Arranca-rabo - Confusão grande./Arremedar - Imitar./Arretado - garantido./Arrudiar - Dar a volta./Arrumação - Tanto teimosia
Avexado - Com pressa./Avia - Venha, ande logo./Baitola - Veado, bichinha./Baixa da égua - Lugar onde ninguém quer ir, lugar muito longe./Baladeira - Estilingue, atiradeira./Balaio de gato - Desorganização, confusão./Estribado - Cheio da grana./Banda - Pedaço de alguma coisa./Bater a caçuleta - Morrer.Beréu - abestado.Bilau - Pênis.Biloca - Bola de gude.Blimba - Estalo na orelha com o dedo./Boga - Ânus./Bôjo - Sanitário./Bora li - Vamos ali./Borréia - Sem qualidade./Boyzinha - Menina novinha./Bozó - Dados.Breado - Sujo, melado./Brecheiro - Sabe da vida alheia
Brega – arranca rabo//Brenha - Local longe de difícil acesso.
Brocoió – Matuto do mato./Brotinho - Mocinha bonita./Bruguelo - Bebê./Bubu - Chupeta./Bufa - Peido./Buliçoso - Pessoa que mexe em tudo./Metido - Intrometido./Caboré - Homem esquisito./Cabreiro - Desconfiado./Cacareco - Coisa velha guardada./Cacoete - Mania./Cagado - Sortudo.Cagado e cuspido - Muito parecido.Cagou o cibazol - Errou, não teve sucesso.Caixa bozó - Lugar muito longe./Caixão e vela preta - O melhor, o máximo./Califon - Sutiã, porta-peitos./Cambada - Grupo de malandros./Cambito - Perna fina./Virou - Capotagem./Cangote - Nuca, parte detrás do pescoço./Barbeiro - Aquele que não dirige bem.Canhão - Mulher feia.Caningar - Chatear.Putaria medoinha - Tumulto.Cantiga de grilo - Algo repetitivo.Cão chupando manga - Pessoa muito feia.Capilé – pessoa ruim, perseguidor, carniceiro.Caquear-se - Gestos à procura de algo.Caraca - Sujeira de nariz.Carece - Precisa.Caritó - Moça velha que não casou.Carregado – comida pesada, reimosa que faz mal.Cascaviar - Remexer, procurar.Catinga - Mau cheiro.Catoco - Pedaço de coisa.Caxaprego - Lugar distante.Cevado - Fortinho, quase gordo.Chapéu de touro - Chifre.Chegue - Venha, acompanhe-me.Cheio de onda - Pessoa com muita conversa, queixudo.Cu de cana - Bêbado.Churumingar - Reclamar.Cigarreira - Banca de revista.Cipuada - Porrada, chibatada.Cocorote - Cascudo.Coletivo - Ônibus.Com a bexiga - Com raiva, puto.Comí que fiquei triste - Quando a pessoa comeu muito.Confeito - Balas, doces.Sóumi - Coisa linda, pessoa bonita. Corrida de ganso - O que não vale a pena.Crica - Criança.Custar - Demorar.
Danada - Pessoa inquieta, que não fica parada.
Dar cabimento - Dar liberdade
Dar o grau - Caprichar ao fazer algo
Dar o prego - Enguiçar.Dar pitaco - Dar opinião.Dentequeiro - Dente siso.Derradeiro - Último.Derrubado - Sem ânimo.Desapartar - Separar.Descansar - Parir.Descatitar - Acelerar, correr.Desembuchar - Confessar.Desimbestar - Correr bastante.Desmantelado - Maluco, muito doido.Desmentir - Torcer o pé.Desmilingüido - Muito magro, sem força.Destrocar - Trocar dinheiro.Din-din - Sacolé, chupe-chupe, gelinho.Dirlechado - Desorganizado, sem cuidado.Doidim - Doidinho, pessoa simpática meio amalucada.Dor de viado - Dor no baço.É caixão! - É difícil, complicado.É um porre! - Chato, péssimo.Eita piula! - Interjeição de espanto.Em riba - Em cima.Embuchar - Engravidar.Emburrado - Chateado, de cara feia.Empanzinado - Quem comeu demais.Encalifado - Desconfiado.Encangado - Em cima, montado.Encruado - Aquele que não cresceu.Enfadado - Cansado.Enfezado - Com raiva.Engilhado - Enrugado.Enguiçado - Quebrado.Enredar - Entregar alguém.
Ensacar - Pôr a blusa dentro da calça.Entojo - Enjôo.Enxerido - Assanhado.Esbugalhado - De olhos bem abertos.Escanchado - Montado em algo ou alguém.Escangalhado - Quebrado.Escapulir - Escapar, fugir.Esgotar - Secar a fossa.Esmolé - Mendigo.Esmulecer - Desanimar, esmorecer.Espichado - Esticado.Espragatado - Pisado, amassado.Estatalado - Caído e todo quebrado.Estribado - Pessoa com muito dinheiro.Estribuchar - Debater-se.Estrompado - Arrombado, arregaçado.Eu cegue - Eu aposto, eu dou minha palavra.Farda - Uniforme escolar.Fastiado - Sem fome.Fazer sabão - Sexo entre lésbicas. Fechar - Desligar.
Fechar a prova - Acertar toda a prova.Fechicler - Zíper de calças, bolsas etc.Fez mal - Engravidou alguém.Fichinha - Coisa muito fácil.Filé de borboleta - Pessoa muito magra.Foi mal! - Desculpe-me!Folote - Folgado.Frangote - Moleque, adolescente.Frechado - Chato.Friorento ou friento - Aquele que sente muito frio.Friso - Grampo de cabelo.Frivião de gente - Multidão.Fuá - Um cantinho bagunçado.Fubento - Sem cor, desbotado.Fuderoso - Muito, o máximo.Fuinha - Rostinho engilhado.Fuleiro - Sem valor.Fumando numa quenga - Pessoa que tá puta da vida.Fungar - Cheirar.Furdunço - Bagunça.Furico ou frinfa - Ânus.Furnido - Forte, robusto.Fuxico - Fofoca.Fuzuê - Tumulto.Gaia - Chifre.Gala - Esperma.Galalau - Rapaz alto.Galeto - Frango.Galinha à cabidela - Galinha ao molho pardo.Gastura - Enjôo, mal-estar.Gastura - Mal estar.Gente bonita que nem presta - Local onde há muitas pessoas bonitas.Ginga - Manjubinha, tipo de peixe.Godela - Conseguir algo sem pagar.Goipada - Cuspida.Gorado - Ovo estragado.Grade - Caixa de cerveja.Graxa - Molho de carne.Grosso que nem parede de igreja - Pessa grosseira.Ingembrado - Torto.Inhaca - Mau cheiro no suvaco.Invocado - Corajoso ou "muito bom".Jerimum - Abóbora.Judiar - Fazer mal, maltratar, torturar.Mangar - Ridicularizar.
Melado - Bêbado.Moça - Mulher virgem.Môco - Surdo, mouco.Mói de chifre - Corno.Mundiça - Gente pobre, povão.
Muriçoca - Pernilongo. Mangar - Ridicularizar. Melado - Bêbado.Moça - Mulher virgem.Môco - Surdo, mouco.Mói de chifre - Corno.Mundiça - Gente pobre,povãoMuriçoca - Pernilongo. Não dá um prego numa barra de sabão - Não faz nada, é um preguiçoso.Nome feio - Palavrão.
Papel de enrolar prego - Pessoa grosseira.Perna de pau – joga ruim.Peba - De má qualidade.Pedir penico - Desistir.Pelejar - Tentar várias vezes.Pimbada - Sexo.DicionárioQueima raparigal! - Grito de guerra, incentivo para as meninas agitarem.Quenga - Prostituta.Quengo - Cabeça.Racha - Pelada, jogo de futebol ou disputas em geral.Remela - Secreção ocular.Se abrir - Sorrir, dar muitas risada.Sem futuro - Mau negócio, pessoa despreparada ou algo que não trará benefícios. "Esse seu emprego é sem futuro!"Sibite baleado - Pessoa pequena
Sustança - Energia dos alimentos.
Triscar - Tocar.
Vacilar - Cometer um erro. Enganar-se.
Varapau - Homem alto.Vexado - Apressado.Vexame - Aperreio, confusão.Vigi! - Por pouco, quase!Vogar - Valer.Xanha - Coceira na pele.Xeleléu - Puxa-saco.Xinim – Vagina
Xodó - Amor, paixão, pessoa querida.Xôxa - Sem graça, sem futuro.Zambeta - De pernas tortas.Zoeira - Bagunça.Zonar - Zombar, tirar um sarro, curtir com o outro.Zuadento - Barulhento.

O CAIPIRA FALA ASSIM

Abancar: sentar-se / Abênça: benção / Abestalhado: tolo, abobalhado /Aguacero: bastante água. (ex: “Não deu prá ir lá, tava o maior aguacero na estrada.”)Amancebado: amigado, juntado / Antisdonte: antes de ontemAprontar: fazer sexo (ex: “Creuzodete embuchou porque aprontô com o noivo”)Atarracado: pequeno /Até na orêia: repleto, cheio, demais /Badacama: em baixo da camaBafafá: bate-boca / Baita: grande, bonito / Balofo: gorduchoBanzé: briga, encrenca / Bardeá: carregar / Batê perna: sair, passearBelzonti: capital de Minas Gerais/ Berrano: gritando / Bom dimás: muito bomBucho: barriga / Campeá: procurar / Carecer: precisar / Carniça: pessoa ruim cruzeteiroCarpi: capinar, roçar / Catá no pulo: apanhar no flagrante / Catiça: mau olhado, azarCatombo: calombo, caroço / Chamego: namoro / Chique: elegante, bem vestidoChispá daqui: ir embora, vasa, cai fora / Chorá Pitanga: lamuriar-seChuçar: cutucar / Coió: bobo / Confórfô eu vô: conforme for, eu vouCosca: cócegaDendapia: dentro da pia / Descochar: desrosquearDesembestado: desgovernar-se, sair correndo / Desenxavido: sem graça, feio, velho, desajeitadoDesmilinguido: deteriorado, mau aspecto / Dó: pena, compaixão (ex: Ai qui dó, gentch...!!!)Dô destombo: dor de estômago / Doidimais: doido demaisEmpreiada: cheia / Emburrar: fazer coisa de burroEmpacota: morrer / Emperiquitado: enfeitado / Encher lingüiça: enrrolarEnxotá: mandar embora, expulso / Espia: ver / Espinhela caída: dor na colunaFuçar: vasculhar / Futrica: fofoca / Fuzaca: folia / Gaiato: engraçado / Gandaia: depravaçãoIncuado: na dúvida sem confiança em algo / Inhaca: mau cheiro/Inté: atéJabiraca: mulher valente/Jacá: cesto de palha /invocado: triste, quieto
Kinem: igual/Lambuja: vantagem/Leva-e-traz: fofoqueiro/Lida: trabalhoPaia: coisa de vagar sem valor/Longura: distância/Lundum: mau humorado/Magrelo: muito magro/Maloumeno: mais ou menos/Manjado: muito conhecido/Negócin: negocio pequeno/Némermo: não é mesmo/Nimim: o mesmo que em mim/Obrar: defecar/Óiaí: olha aí/Óiaqui: vê aqui/Óiprocesvê: olha para vocês verem/Oncoto: onde que eu estou/Ondié: onde que é/Ópavê: olha pra você ver/Urea: orelha/Oreia seca: pessoa burra/Isturdia: outro dia/Parêa: igual/Cargaeparea: duas pessao nós sego/Nósego: pessoa que não ta nem ai pra nada./Parrudo: forte/Pereba: ferida feia/soopó: deteriorado/Picá mula: fugirPindaíba: sem dinheiro, liso/Tameledo: bêbado/parada: ponto de ônibus/Ponhar: colocar/Posar: passar a noite/Prosar: conversar/Quina: canto/Quiném: igual/Quizila: aversão/Rapô: levou tudo, ganhou tudo/Refestela: sorrir, rir/Bunequeiro: bagunceiro/Relar: encostar/Remedar: imitar Unha de fome: pão-duro/Sacudido: amostrado/Metido: intrometer-se/Saracoteá: provocar/Songamonga: sem motivação, ânimo/Insonia: dormir mal/Assucedeu: aconteceu/Sustança: forte/Tádebode: está menstruada/Corno: levou chifre da mulher/Tapado: não entende nada/Troço: coisa que não presta/Olho grande: azar, mal olhado/Zambeta: trôpego/Zôio: olho/Zonzo: atordoado

segunda-feira, 29 de junho de 2009

TRABALHO INFANTIL? DIGA NÃO! DENUNCIE!




O evento foi bastante rico de informações e discursões, onde foram debatidos vários fatores que influenciam a exploração do trabalho da criança e do adolescente, desde do doméstico à exploração sexual.


O evento propiciou várias palestras onde estiveram presente: a secretáriad e educação, Tereza Cristina Reboução, secretário de saúde Dr. Eavandro, Dr Carlos Cruz advogado que infatizou o estatuto da criança e do adolescente e as leis trabalhistas, o professor carlinhos o representante do comselho tutelar(conselheiro Gonzaga) a senhora Renata Martins representante do poder executivo, e legislativo Jorge Luiz, presidente da câmara dos veriadores o sr. veriador Alison e outros representantes de secretaria. Onde todos demostraram preocupação em preservar nossas crianças e adolescentes contra a exploração do trabalho infantil.


Nosso município está na luta adotando medidas de prevenções ao combate a exploração do trabalho infantil, pois estamos juntos com o projeto PETECA em ações de combate ao trabalho infantil.


Gostaria de parabenizar os técnicos da educação Paulinho e Lourivania que conduziram a oficina de formação de professores e coordenadores pedagógicos de maneira clara e objetiva e as demais pessoas que colaboraram com esse momento tão valiozo de aprendizagem e de discursões que nos foram oferecidos.
Professora Ana Paula - Escola Regina Vasconcelos Albino.

sábado, 27 de junho de 2009

ARRAIÁ DA ESCOLA REGINA ALBINO HOMENAGEM A PATATIVA DO ASSARÉ


Equipe de professores




Os alunos da escola com a professora Ana Paula Apresentação da Quadrilha Flor do Mandacaru





Apresentação da quadrilha da Educação Infantil

A Escola Regina Albino Homenagiou Patativa do Assaré em comemoração ao seu centenário.

"O Nosso Arraiá é em homenagem a esse grande nome da literatura cearence que muito contribuiu para a difusão do nosso estado no campo literário nacional através do cordel." Disse a Professora Ana Paula.

Como imaginavamos a festa junina da Escola Regina Albino foi um sucesso total desde a organização do evento até a apresentação das várias atrações juninas que aconteceram. Há de se resaltar do comprometimento dos funcionários com o evento e a comunidade que compareceu em massa pra prestigiar o evento. "Hoje é um dia de grande alegria para todos nós que fazemos a Escola, pois é muito gratificante organizar um evento em que há a participação de todos com um só propósito mostra para a nossa comunidade que somos uma escola que além se ser comprometida com a aprendizagem, também buscamos valorizar e motivar as habilidades culturais e artisticas de nossos alunos, todos nós temos habilidades, o X da questão é descobrir essas habilidades nos jovens e incentivar" relatou a professora Ana Paula do 7º, 8º e 9º ano.






E os eventos não param por ai, os alunos do 9º ano da Professora Ana Paula, estão trabalhando na apresentação de ações do projeto pacto das águas, onde vão ser mostrados trabalhos, fotos e filmagens relativos ao assunto em qual nosso municípop está desenvolvendo ações de preservação ao meio ambiente, em especial aos nossos rios e riachos. "Esse trabalho é de suma importância para que os alunos compreendam a importância da água para os serres humanos e que temos que tratar de forma sustentável a preservação das nascentes e as encostas dos riachos e rios do nosso município, e para isso é importante a participação dos alunos, cabendo aos professores a motivação necessária para que esses alunos se sintam parte integrante no processo de melhoria e conservação do meio ambiente em que vivem", frisou a professoa.















PINDORETAMA DE TODOS NÓS: ELAS FAZEM A DIFERENÇA

PINDORETAMA DE TODOS NÓS: ELAS FAZEM A DIFERENÇA

PINDORECANA 2009


PINDORECANA 2009

Pindorecana é o típico festival da cana de açúcar que ja é tradicional em nossa cidade. O evento se realizara de 10 a 12 de julho de 2009 na Praça da Cidadania. Haverá muita música, feira de artesanato, quadrilhas juninas, comidas típicas e muitas guloseimas feitas do principal produto da feira que é a cana de açúcar, além da escolha da rainha dos canaviais. É importante citar que as candidatas que iram concorrer ao titulo de rainha dos canaviais são alunas das escolas públicas municipais e como não poderia deixar de ser, a Escola Regina Albino vai ser representada por duas alunos do 8º ano da professora Ana Paula.





NOVA GRIPE – VIRUS H1N1


O ultimo levantamento das autoridades de saúde deram conta neste sábado 27/06/2009 que foram confirmados mais 69 novos casos de infecção pelo vírus Influenza A chegando a um total de 591
Os estados com maior número de contaminados são os da região sudeste, seguidos pelos estados da região sul e distrito federal. Entretanto é bom lembrar que há doentes confirmados em praticamente todo o País com exceção de poucos Estados. Inclusive o estado do Ceará encontra-se com um caso conformado de acordo o divulgado.
O que pode-se observa e constatar é que o Governo não tem uma Política clara de combate ao alastramento do vírus no País, pois com as medidas que estão sendo adotadas apenas confirma esse fato.
O Governo não tomou uma das principais medidas para conter a contaminação que seria justamente direcionar para uma só cidade do Pais os vôos provenientes de locais onde houvesse confirmação ou suspeita da gripe. Levando-se em conta que somos um Pais de dimensões continentais com vários aeroportos e portos e a todo instante chegam pessoas em diversas de nossa cidades, isso faz com que a eficácia das mediadas sejam mínimas, ao invés de concentrar e centralizar as medidas em um só local.
Em julho nossa cidade de Pindoretama recebera vários turistas que viram ver a nossa Pindorecana que graças à Deus vai continuar a acontecer por se tratar de uma evento de alta importância para o município e as autoridades de saúde tem que estar alerta também para receber bem qualquer pessoa que apresentarem algum sintoma, visto que se houver necessidade os primeiros atendimento serão aqui em nossa cidade. E como vimos desde que a epidemia começou, houve toda uma manifestação do Governo que estava sob controle, que a população não precisava se preocupar. E o que vemos hoje são escolas fechadas e muito temos pelo que está ocorrendo.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

PISO SALARIAL DOS PROFESSORES EM 2009


Piso salarial de professores deve superar R$ 1 mil em 2009
20/10/2008 - 08:00
Caxambu (MG) — O piso salarial nacional dos professores deve superar R$ 1 mil em 2009, com a correção pela inflação, como previsto na Lei nº 11.738, de 16 de julho deste ano. Esse valor atende os professores com formação de nível médio, o que significa remuneração ainda mais alta para professores com formação superior. O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, no domingo, 19, na cidade mineira de Caxambu, na abertura da 31ª Reunião da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped). Em seu discurso, Haddad enfatizou os ganhos dos últimos anos no orçamento da educação no país. Ele lembrou que o orçamento do Ministério da Educação mais do que dobrou em seis anos — de R$ 21 bilhões em 2003 para previstos R$ 48 bilhões em 2009. “Além disso, temos pautada no Congresso Nacional, e já provada no Senado Federal, a proposta de emenda constitucional que acaba com a desvinculação de recursos da União (DRU) da educação”, destacou. “O fim da DRU significará não apenas um aporte adicional de recursos, mas que os futuros governos não farão aquilo que foi a regra dos anos 90: cortes na área social que incidam, sobretudo, na área da educação.” O ministro, mais uma vez, enfatizou que o MEC promove uma mudança na forma pela qual a educação é trabalhada. “O Ministério da Educação trabalha desde 2004 de forma matricial, tratando a educação básica, a educação profissional e tecnológica e a educação superior de maneira integrada e articulada, vencendo e superando falsas contradições que foram estabelecidas em nosso país”, ressaltou. Segundo o ministro, essas etapas do ensino são três eixos que não se opõem, mas se reforçam. Para isso, o MEC trabalha cada um deles com quatro temáticas: financiamento, avaliação periódica, gestão e formação de professores. A formação ganhou destaque com a divulgação da minuta do decreto de criação do Sistema Nacional Público de Formação dos Professores. O
documento estará disponível para discussão até 24 de novembro no endereço eletrônico formacao.magisterio@capes.gov.br. Na noite de domingo, o ministro enfatizou que a comunidade da Anped forma um público privilegiado para um intenso debate sobre a formação inicial e continuada de professores. Haddad lembrou ainda que conquistas como o piso salarial e o sistema público de formação exigem a regulamentação, também por meio de lei, das diretrizes nacionais da carreira do magistério. “Isso vai ser fundamental porque toda a progressão vai estar normatizada, com balizas e parâmetros nacionais, para que prefeitos e governadores, além da própria União, possam atender às justas reivindicações dos professores brasileiros”, afirmou. Ainda este ano, o Conselho Nacional de Educação (CNE) deve promover três audiências públicas para debater a revisão da Resolução nº 3/1997, que define as diretrizes da carreira do magistério. Piso — De acordo com a Lei nº 11.738/2008, o piso salarial para os profissionais do magistério público, de R$ 950, na data da sanção, será atualizado anualmente em janeiro, a partir de 2009. O cálculo será feito com base no mesmo percentual de correção do Fundo da Educação Básica (Fundeb) referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano. Portanto, o piso será corrigido pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), apurado pelo IBGE. Fonte: Ministério da Educação (MEC)

ORAÇÃO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2009

ORAÇÃO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2009

Bom é louvar-vos, Senhor, nosso Deus,
que nos abrigais à sombra de vossas asas,
defendeis e protegeis a todos nós, vossa família,
como uma mãe, que cuida e guarda seus filhos.

Nesse tempo em que nos chamais à conversão,
à esmola, ao jejum, à oração e à penitência,
pedimos perdão pela violência e pelo ódio
que geram medo e insegurança.
Senhor, que a vossa graça venha até nós
e transforme nosso coração.

Abençoai a vossa Igreja e o vosso povo,
para que a Campanha da Fraternidade
seja um forte instrumento de conversão.
Sejam criadas as condições necessárias
para que todos vivamos em segurança,
na paz e na justiça que desejais.
Amém.

terça-feira, 23 de junho de 2009

SO PODIA SER O LULA

O Presidente em vez de criticar a imprensaça deveria fzer contas tambem dos empregos que o nosso povo perdeu por causa da crise e por falta de atitudes firmes e concretas para a menizar as causas da crise m nosso Pais. O interessante é que os juros so baixam na selic do banco central os juros ao consumidor continuam os mesmo. Em relação a escandalos o governo deveria ser o primeiro a apoiar a CPI da Petrobras e barrou agora vem falar de transparencia. E os 10 BI de dolar que o governo vai emprestar ao FMI. dinheiro do povo que deve ser usado para o povo tão carente e necessitado. Meu povo nesse País falta tudo: educação, saúde, infra estrutura, saneamento, água tratada, transporte, emprego, distribuição de renda. Ai o governo vem na televisão falar em distribuição de renda pelo bolsa família. Distribuição de renda é criar condições de dar emprego ao povo em todo o territorio brasileiro. distribuição de renda é emprego o cidadão empregado ele se sente valorizado com alta estima boa e isso reflete na família, na melhoria das condições de vida e não condicionar as familias todo mês a fazer filas de madrugada emfrente as milhares de lotericas e bancos espalhados pelo brasil para receber o beneficio pago pelo povo, sim porque esse dinheiro é do povo

GREVE DOS PROFESSORES DO ESTADO

Há 50 dias os professores do Estado encontram-se em estado de greve, hoje em audiência com o governo do Estado na Assembleia Legislativa mais uma vez as negociações não tiveram exito. Uma das principais reinvidicações dos grevista é a adoção do piso nacional dos professores por parte do governo. Ai pergunta-se cade a educação como prioridade? Imagine o conteúdo que esses alunos estão perdendo no decorrer desse tempo, matérias para o ENEM matérias para o vestibular e tantos outros conteúdos disciplinares que são escenciais para uma boa formação desse alunos que estão para termianr o segundo grau. Como pode o aluno de escola pública dessa forma disputar em pé de igualdade com os alunos de escola aprticular? Qual incentivo que os alunos teem se passam meses sem aula? Ai vem a evasão escolar as brigas dentro da escola o consumo de substancias nocivas e isso sem dúvida acontece por falta de atenção das autoridades para com a educação

EM FOCO: TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO

"As inovações na Educação devem ser uma cultura constante se quisermos que nossos alunos se sintam sempre motivados" essa declaração foi dada pela professora Ana Paula da Escola Regina Vasconcelos Albino, que desde o início do ano adotou uma metodologia de provas diferente com as turmas que leciona. As avaliações são todas digitalizadas e em questões de múltiplas escolhas isso para que o aluno se familiarize com o perfil das provas de avaliação do ensino fundamental e ENEM. "Estou preparando as minhas turmas para que quando chegem a fazer as avaliações não sintam nenhuma dificuldade. As avaliações que faço com minhas turmas, estão totalmente inseridas no perfil das provas, desde a interpretação dos texto, passando pela parte gramatical até o preenchimento do gabarito quem vem junto a todas as provas enão em papel em anexo para garantir uma maior segurança para o aluno já que o gabariti tem o espaço para a assinatura do mesmo. Temos que encontrar ferramentas para que o aluno se motive a vim prestar uma avaliação em sala. Para tal investi em tecnologia de ponta, me qualifiquei e isso é um processo continuo tudo para levar aos meus alunos qua é a razão maior da escola existir, tudo o que há de melhor e graças à Deus estou obtendo bons resultados".

EM FOCO PERGUNTA:
Essas ações são suficientes para manter as turmas motivadas e focadas em desenvolverem uma boa aprendizagem?

ANA PAULA
Resposta: Não, as inivações tecnológicas são apenas um paço, entretanto além disso o educador tem que desenvolver uma serie de ferramentas para fazer o aluno compreender a assimilar os conteudos.

EM FOCO
Custa caro adquerir essa tecnologia a serviço da educação?

ANA PAULA
Resposta:Sim, não é barato, pois temos que entender que quando falamos de tecnologia, não estamos apenas nos referindo à informática. De um modo geral tecnologia é um conjunto de ferramentas que temos que adquerir a serviço do aluno se quisermos alcançar bons resultados.

EM FOCO
E o que vem a mais por ai?

ANA PAULA
Resposta: Sim tem inovações, quem for à nossa festinha de São João vai ver algo inédito que estou preparando para meus alunos.

ELAS FAZEM A DIFERENÇA




A professora Ana Paula do 7º 8º e 9º juntamente com os demais componentes do corpo docente informa que 26/06/2009 haverá o ARRAIÁ DA ESCOLA REGINA VASCONCELOS ALBINO, haverá apresentações de quadrilhas, danças caipira, comidas tipicas e muito forro pé de serra. Tambem haverá uma homenagem ao nosso maior poeta de cordel PATATIVA DO ASSARÉ. a organização da festa está a cargo de todo corpo docente e auxiliares da escola.
Vá lá compareça, participe a festa vai ser feita para toda comunidade.

FESTAS JUNINAS EM PINDORETAMA


FESTAS JUNINAS




No dai 13/06/2009, foi realizado no Centro Cultural de Pindoretama o ARRAIÁ DO COLÉGIO NOSSA SENHORA APARECIDA, no momento foram apresentadas várias atrações como danças típicas e quadrilhas. Entretanto é inegável que a principal apresentação foi das meninas do BALET da professora Fabiana onde fizeram uma coreagrafia da dança do CAWBOY e como não poderia deixar de ser a aluna MARIANA FREITAS E SUA PRIMA LÍVIA estavam presentes e foram destaques dessa abrilhantada apresentação.
Parabens à todos pela festa

AUDUÊNCIA CIVIL PÚBLICA EM PINDORETAMA

SEGURANÇA PÚBLICA EM PINDORETAMA
No dia 10/06/2009, foi realizada uma audiência pública no Centro Cultural do municipio para debater a questão da segurança pública em Pindoretama. O evento contou com a participação de representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, das lideranças municipais e da população de um modo geral.

No nomento foram feitas várias colocações e apresentadas algumas ações para sersolver o problema, entretanto até agora na prática pouco se foi feito. Sugiro que a câmara municipal convoque a população para apresentar as ações pertinentes à aquela casa, pois em muito vai depender do legislativo municipal.

SEGURANÇA NO TRÂSITO

Todos sabemos do problema que enfrentamos em Pindoretama em relação as ocorrências continuas de segurança no trânsito e todos esses fatos ocorrem por diversos fatores, por falta de fiscalização efetiva do municipio, por falta de oportunidades das pessaos em tirarem sua habilitação atraves de comisssões que nunca veio para o nosso municipio, emfim por falta de politicas que resolvam o problema.

O nosso município em genuianmente rota turistica, cercado por prais e as margens de uma rodovia das mais importante do estado e não vemos por partes das autoridades que estão a frente dos poderes Executivo e Legislativo nenhuma ação concreta para resolver o problema. É facil constatar que o municipio precisa urgentimente de uma Autarquia que regularize o trânsito, que organize as ruas, que tenha um sistema que cadastre todos os mototaxis, taxi e até dos transportes escolares da cidade com um sistema de vistiria em todos os modais que prestam serviço à população dentro do município, isso além de geral tributos tambem vai gerar segurança para para todos.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

SELO UNICEF

COMO SABEMOS O NOSSO MUNICIPIO RECEBEU O CELO UNICEF 2008 E AGRANDE PERGUNTA É: O QUE FOI E O QUE ESTÁ SENDO DESENVOLVIDO DE FORMA PRÁTICA E EFICAZ PARA MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE VIDA DAS CRIANÇAS? ESSA PERGUNTA É O "X" DA QUESTÃO, POIS AO QUE VEMOS MUITA COISA NÃO ESTÁ SENDO FEITA O SELO SE POPULARIZOU MUITO E A INSTITUIÇÃO AO QUE SEI, POIS ME PASSARAM VIA E-MAIL NÃO ACOMPANHA DE PERTO O QUE ESTÁ SENDO FEITO, APENAS VISUALIZA RELATÓRIOS ENVIADOS E ISSO É UMA GRANDE FALHA, POIS POR SE TRATAR DE UMA CERTIFICAÇÃO É PRECISO QUE HAJA UM ACOMPANHAMENTO E UMA VERIFICAÇÃO COSNTANTE DAS AÇÕES.